Qlik Sense

De Qknow
Revisão de 21h12min de 25 de maio de 2016 por Franco.galati (discussão | contribs) (Criou página com ' = Introdução = right '''O Qlik® Sense é a mais nova geração da plataforma analítica da Qlik® destinada a revelar a história por t...')

(dif) ← Edição anterior | Revisão atual (dif) | Versão posterior → (dif)
Ir para: navegação, pesquisa

Introdução

QlikSenseDesktop01.PNG

O Qlik® Sense é a mais nova geração da plataforma analítica da Qlik® destinada a revelar a história por trás dos dados! Esta nova estrutura amplia as condições do uso de soluções de BI para um nível em que qualquer decisor, de qualquer nível e de qualquer lugar, possa construir, acessar ou divulgar informações obtidas a partir das diversas fontes de dados. Além de acesso por meio de navegadores aos painéis e relatórios da plataforma Sense, a companhia pode usar o framework do Qlik para incorporar visões dinâmicas em seus portais, o que a Qlik® denominada como embedded analytics.

Por trás da facilidade de uso e integração dos dados existe uma robusta arquitetura que permite as Organizações manterem um alto nível de governança, gerenciamento dos dados, fluxo das informações, permissões, acessos, auditoria, entre outros. Tudo para permitir que os usuários de negócio possam atuar em decisões a partir de painéis colaborativos com elegantes e sofisticados mecanismos gráficos.

Baseado no modelo associativo patenteado pela Qlik®, o Sense permite que usuários de negócio possam associar seus dados sem necessidade de conhecimento do funcionamento de instruções de retaguarda (SQL) destinadas ao público de tecnologia. Assim, dados de várias fontes incluindo bases de dados, arquivos do Excel, textuais ou mesmo páginas HTML podem ser combinadas sem uma única instrução (comando) conhecida pelo usuário. Tudo isso só é possível em virtude do modelo associativo (não relacional) que torna o QlikView e Qlik Sense soluções únicas!

Com o modelo associativo os usuários podem ligar dados de diversas fontes sem a preocupação com as repetições causadas pela tradicional cardinalidade dos dados, fruto das instruções de ligação padrão SQL (JOIN, LEFT JOIN, RIGHT JOIN). No Sense as associações são automáticas e permitem uma varredura em todos os dados existentes de qualquer uma das fontes utilizadas. Ou seja, escolhendo um simples valor de um campo propaga uma seleção em todos os dados carregados, independente do número de tabelas, arquivos, colunas e linhas existentes. Isso só é possível porque o Sense não utiliza um modelo hierárquico ou instruções SQL para cada interação do usuário, motivo pelo qual é possível percorrer todos os registros instantaneamente.

É com base no modelo associativo que o usuário de negócio experimenta a possibilidade de percorrer todos os dados instantaneamente, independente do tipo ou fonte, visualizando a verdadeira história por trás das informações, ao invés de pedaços de resultados obtidos por meio de instruções que limitam os registros. Tudo isso acessível por dispositivos compatíveis com HTML 5.0, o que inclui tablets e smartphones.

O Modelo Associativo

QlikSenseAssociativeModel01.PNG

Este modelo não é apenas um conceito, mas uma tecnologia que permite que os usuários possam explorar os dados sem estruturas pre-estabelecidas, hierárquicas e engessadas. É através do QIX (Qlik Index) que a interação com os dados carregados no modelo em memória se estabelece respondendo aos questionamentos dos usuários através de recursos de pesquisa inteligente, seleções e filtros. Os elementos gráficos, textos e tabelas respondem as interações do usuário em resposta ao QIX (modelo associativo) e não por uma ligação gráfico a gráfico que dispara novas instruções SQL. Por isso é possível interagir com qualquer elemento gráfico ou visualização a partir de qualquer ponto dos dados e ir avançando na análise sem que seja necessária novas instruções.

A partir das interações o QIX recalcula em memória e dinamicamente todos as fórmulas estabelecidas, mantendo então o contexto dos dados de acordo com as seleções do usuário. Este contexto é exibido graficamente nas cores verde (selecionado), branco (associado) e cinza (não associado) em todas as dimensões (colunas) independente da origem. Esta diferença é a maior vantagem do modelo associativo, enquanto as demais soluções trabalham em estruturar hierárquicas e pré-concebidas, limitando a ação por meio de consultas SQL ligando duas ou mais tabelas. No modelo baseado em SQL somente parte da história é exibida, já que o resultado fruto da escolha do usuário é potencialmente uma parcela menor do que a existente. E claro, se nem todos os dados estão presentes não há como dizer que a história completa por trás destes dados poderá ser desvendada!

QlikSenseAssociativeModel02.PNG

No exemplo acima o usuário realiza duas seleções (em verde) para filtrar tanto um aeroporto de destino quanto um tipo de voo específico (Cargueiro) e obtém instantaneamente a resposta de onde partiram os voos (Aeroporto Origem) e em quais períodos estes voos ocorreram (2011, 2012 em branco). Porém, além dos dados associados em resposta a pergunta feita pelo usuário por meio de seleções, o Qlik também responde de onde não houveram voos de origem para o aeroporto de destino, sinalizados na lista de aeroportos de origem em cinza escuro. Este resultado simplesmente não existe em um BI tradicional, pois apenas uma parcela dos dados é entregue como resposta a uma pergunta do usuário. Já no Qlik, nada fica oculto! A seguinte lista resume as características mais marcantes das soluções Qlik:

  • Apresenta todas as associações existentes entre os dados de todas as fontes carregadas (data sources).
  • Permite explorar os dados a partir de qualquer ponto (tabela, coluna, registro) através de simples seleções e pesquisas inteligentes.
  • Com o smart search o usuário pode entrar com uma palavra que será pesquisada em TODOS os dados de TODAS as fontes disponíveis.
  • Sempre que filtros e seleções são realizadas, o QIX recalcula todo o modelo para manter o contexto dos dados associados, não associados e selecionados.
  • O usuário jamais ficará preso a uma estrutura hierárquica pré-agrupada, estando livre para fazer qualquer pergunta a qualquer momento.
  • Se dados não ficam ocultos como resultado das pesquisas e seleções, o Qlik consegue exibir a verdadeira história por trás dos dados.



Pilares do Qlik Sense